Foz do Douro e praias do Porto

Quando falamos do Porto, pensa-se logo nas margens do Douro, pensa-se no centro histórico classificado património da humanidade, ao vinho, às francesinhas… raramente pensa-se no Porto virado para o Atlântico, aquele onde a alta sociedade da cidade vive, à procura da tranquilidade. Aqui, as bonitas casas da burguesia estão à beira de um lindo passeio, as palmeiras tratam por “tu” o Oceano, e o sol dá-se em espectáculo ao cair da noite todos os dias aos portuenses. A Foz, já que é de ela que se trata, apesar de não ser um centro histórico, possui uma qualidade de vida para os seus moradores fora de normas, que vos convido a descobrir.

Bar à beira mar

Bar à beira mar

Para o Porto e as suas gentes, quando fala-se em Foz, fala-se na verdade de duas freguesias à beira mar : Foz do Douro e Nevogilde. O bocado onde fica mesmo a saída do Douro é muito conhecido pelo nome de Foz Velha. Estas freguesias, relativamente calmas apesar das grandes vias como a Avenida de Dom Carlos I ou a Avenida do Brasil, conseguiram chamar a si a classe alta do Porto, com o seu relativo afastamento da agitação do centro da cidade e a beleza do Oceano Atlântico. Por isso se vê as bonitas casas burguesas ao longo da beira mar. Mas a Foz não pertence só à uma certa elite : todas as classes sociais estão presentes, onde todos procuram as praias da cidade.

Palmeiras, ao longo das avenidas do Brasil e de Montevideu

Palmeiras, ao longo das avenidas do Brasil e de Montevideu

Ao fundo da rua, o Oceano Atlantico

Ao fundo da rua, o Oceano Atlantico

Praias do Porto

A dizer bem a verdade, não são as praias do Porto que vão deixar-me uma lembrança inesquecível, elas  não estão à altura do que se pode encontrar um pouco por toda a parte noutros sitios de Portugal. As praias do Homem do Leme ou da Foz têm a Bandeira Azul, marca distintiva de qualidade, mas a cidade do Porto precisa de esforçar-se muito para manter essa honra : não é fácil manter o nível de excelência necessário para se ver distinguido com este galardão numa cidade altamente industrial e povoada. Mas, é preciso dizê-lo, é sempre bom sinal. As paisagens são fantásticas, e sempre é muito pratico ter as praias ao alcance dos transportes públicos, mesmo se a areia e a agua não estão totalmente à altura das grandes praias de outras cidades bem próximas!

Uma praia da cidade do Porto

Uma praia da cidade do Porto

Grande palmeira na rua

Grande palmeira na rua

Na Praia do Molhe, talvez a mais conhecida das praias da cidade, pode-se passear debaixo de uma grande pergola, a Pergola da Foz, que foi construída nos anos 1930. A Praia dos Ingleses, como o nome indica, era principalmente frequentada por cidadãos britânicos, no século XIX. São a eles que devemos a moda dos passeios à beira mar no Verão. O Porto sempre foi uma cidade muito frequentada por ingleses, que vinham por cá fazer negócio.

Consegue ver a casa que parece um castelo?

Consegue ver a casa que parece um castelo?

Monumentos da Foz do Douro

Vêm-se aqui para beber um copo e sentir o ar marinho, vêm-se aqui para fazer uma pequena corrida ao longo do passeio, inteiramente iluminada com magníficos candeeiros, pousados na linda balaustrada. É um prazer vir aqui descansar, à sombra de uma grande palmeira, com único horizonte o Oceano, na segunda maior cidade de Portugal! Para acrescentar ao prazer de vir à Foz, o Jardim do Passeio Alegre foi construído, e foi lá colocado o enorme Chafariz do Passeio Alegre, obra de Nicolau Nasoni. Para quem lembrar, Nasoni tinha sido o arquitecto do mais famoso monumento portuense : a Torre dos Clérigos.

Chafariz do Passeio Alegre

Chafariz do Passeio Alegre

Encontra-se também na Foz um dos mais antigos faróis portugueses, o Farol de São Miguel-o-Anjo, que data de 1527. Ele encontra-se junto ao Marégrafo, e está colado à Torre do Telegrafo. Do outro lado do Passeio Alegre encontra-se o Forte de São João Baptista da Foz. Este forte, edificado nos anos 1570, foi muito remodelado durante a Guerra da Restauração. Estes monumentos são pontos de referência maiores para os portuenses, apesar de eu achar o Farol um pouco ignorado (parece que havia obras quando lá fui dar uma volta e tirei a foto). Do outro lado, para além do fim da Foz, na praça Gonçalves Zarco e numa ponta da Avenida da Boavista, encontra-se o Castelo do Queijo, alcunha dada segunda reza a lenda devido à forma do rochedo onde foi construído o castelo.

Forte de São João Baptista da Foz

Forte de São João Baptista da Foz

Entre esses dois fortes, as casas burguesas do século XIX olham para o mar. Por aqui, as gaivotas fazem companhia às pessoas que jogam às cartas, ao jovens que vieram aproveitar um por do sol numa esplanada de um bar, e aos turistas, que vieram fotografar qualquer coisa 🙂

Fotos da Foz

Passeio à beira do Oceano

Passeio à beira do Oceano

Passeio Alegre

Passeio Alegre

Torre do Telegrafo

Torre do Telegrafo

Grande casa burguesa

Grande casa burguesa

Bonito estilo antigo português

Bonito estilo antigo português

Candeeiros no passeio

Candeeiros no passeio

Avenida do Brasil

Avenida do Brasil

Tags:

3 comentários para “Foz do Douro e praias do Porto”

  1. MARIA dit :

    Há 40 anos que não via a minha Cidade!!♥
    Com 16 anos fui com os meus Pais para África…
    Comprei um carro e a viagem de experimental foi passar férias na Foz do Douro e encontrar amigos de infância (meus e do marido) e encontra-mos.
    Revivemos tempos de infância deram-se abraços e a lágrima no canto do olho.
    Ao vir embora para o Algarve onde vivo, deixei uma promessa aos amigos: voltar para a Terra que me viu nascer!!
    Um dia vai acontecer é só resolver situações e arranjar casa na linha com 2 quartos +1…
    1º:Encontro uma Foz linda apaixonante, maravilhosa, saudável pelos espaços que hoje tem para fazer caminhadas e não só. Fiquei hospedada na Residencial Porto Foz, que não canso de elogiar de tanta delicadeza e principalmente um atendimento (5 estrelas) enfim mais parecia que estava em familia…
    OBS: falta acrescentar que as pessoas do PORTO continuam a receber as pessoas com o coração, desde o Alojamento ás lojas e no Bolhão o sorrir atá ás légrimas…AMO-TE CIDADE PORTO

  2. Procurador dit :

    Bem podias pelo menos ter mencionado os nomes dos bares a beira da praia.

    Ando a procura de um bar a beira da praia.

  3. Jacolina Maria Zaramello dit :

    Já estive 2013 fui passear em Portugal e fomos passear na cidade do Porto,mais tempo curto vimos poucos lugares pretendo retornar,pois amei conhecer este lugar belissímo.Sou uma vovó quero voltar a passear ai novamente

Deixar um comentário