Mosteiro da Batalha, obra prima do Gótico tardio

Estátua de Dom Nuno Alvares Pereira

Estátua de Dom Nuno Alvares Pereira

A 14 de agosto de 1385, perto da aldeia de Aljubarrota, Dom João I, com o seu fiél condestável Dom Nuno Alvares Pereira derrotaram os Castelhanos, o que forjou a construção da nação portuguesa. Para agradecer a Deus por esta vitória, o fundador da nova e lendária dinastia de Avis faz construir um dos mais belos mosteiros da peninsula ibérica: O Mosteiro de Santa Maria da Vitória, em Batalha.

Vista principal do Mosteiro da Batalha

Vista principal do Mosteiro da Batalha

O Mosteiro é de estilo gótico tardio para a maior parte dos elementos arquitéctonicos, e representa para o rei a afirmação do seu poder, recentemente obtido. A beleza e a grandeza do mosteiro fazem dele um património para a UNESCO.

Entrada pela fachada lateral

Entrada pela fachada lateral

Poremenor da entrada lateral

Poremenor da entrada lateral

Patrimoine mondial de l'Humanité

Patrimoine mondial de l’Humanité

Infelizmente, o monumento é atacado pela poluição: uma estrada com um importante trafégo passa logo ali ao lado, como pode ver na foto. É por isso que as pedras estão negras e sujas, e que importantes trabalhos de limpeza e restauro acontecem regularmente.

Estrada nacional que passa por Batalha

Estrada nacional que passa por Batalha

Pormenor da fachada gótica

Pormenor da fachada gótica

Gargulas do mosteiro

Gargulas do mosteiro

Vista exterior das Capelas Imperfeitas

Vista exterior das Capelas Imperfeitas

Devido à importância do monumento, escreverei vários artigos a seu respeito, tal como já tinha acontecido com o seu Claustro Real. Neste presente artico, só apresento as fotos em exterior, reveladoras da beleza de um trabalho que durou mais de dois séculos, e ainda hoje inacabado: repara nos pilares cortados, que não suportam nem arcadas, nem abóbodas, nem tecto… nada.

Partes privadas do Mosteiro

Partes privadas do Mosteiro

Saída do claustro Dom Afonso V

Saída do claustro Dom Afonso V

Bonita rampa em pedra :)

Bonita rampa em pedra 🙂

O mosteiro, não é só a imponente igreja que podemos ver do exterior: a seu lado, os prédios mais modestos das partes privativas, mais fieis da ideia que nos fazemos da vida monástica em Portugal.

Estilo Gótico tardio

Estilo Gótico tardio

Capitéis do pórtico lateral

Capitéis do pórtico lateral

Janela Manuelina

Janela Manuelina

O monumento é muito influenciado pelo estilo manuelino: este estilo, tipicamente português, é muito decorado com elementos que encontramos no mundo da marinha. É preciso não esquecer que no século  XV, Portugal era a primeira potência maritima mundial. Podemos ver a influência de este estilo numa das janelas que dão para a entrada do Panteão de Dom Duarte, também conhecido pelo nome de Capelas Imperfeitas (falaremos nestas capelas num futuro artigo).

Pilares inacabados

Pilares inacabados

Fachada lateral da igreja e das capelas

Fachada lateral da igreja e das capelas

Luz do sol poente

Luz do sol poente

Pelourinho da Batalha

Pelourinho da Batalha

Tags: ,

2 comentários para “Mosteiro da Batalha, obra prima do Gótico tardio”

  1. kamilyy dit :

    fiz um trabalho sobre esse tema e peguei daqui e n sei minha nota guando eu souber mando pra vcs

  2. bruno santos dit :

    eu acho que o mosteiro da batalha tem os vidros do mosteiro é fantastico

Deixar um comentário