Lura, cantora de Cabo Verde

Eu queria falar-vos de Lura. Lura, descobri há já algum tempo, um pouco por sorte, passeando um pouco aleatoriamente na web. Gostei de imediato. Fiquei logo agarrado aquela voz melodiosa, aqueles ritmos africanos, pela paixão que se ouve e que sobressai desta formidável cantora.

Eu não sei como é que Cabo Verde faz, mas é um país que têm tantos e tantos talentos musicais, basta pensar na grande Cesária Évora, com quem a Lura começou a sua carreira…

Lura nasceu e cresceu em Lisboa. Cabo Verde, foram os seus pais que lhe transmitiram, por isso é que ela canta em crioulo na suas canções. E… os cabo-verdianos são a primeira comunidade estrangeira de Portugal, ela tinha por isso muitos amigos da mesma origem, o que explica porque é que ela diz que o cabo-verdiano é a sua língua materna. Mas será que os cabo-verdianos são mesmo estrangeiros? Para mim, não. De qualquer maneira, “estrangeiro” não quer dizer nada, eles não são mais estrangeiros para mim do que alguém dos Açores.

Lura em concerto

Lura em concerto

Mas interrogo-me mesmo para saber como é que um país tão pequeno consegue ter tantos bons cantores, tantos bons músicos. A população é reduzida, apenas 500 000 habitantes em Cabo Verde (e 700 000 fora do arquipélago, sim, são mais cabo-verdianos a viverem fora do país que dentro do país…).

A Lura é fenomenal, que consegue dar toda a sua dimensão em concerto, onde é imprescindível ir. Eu já lá fui, e garanto-vos que vale a pena. Sim, vale a pena ver uma verdadeira cantora, uma daquelas que se sentiria insultada se lhe propusessem de cantar em playback. Ela brinca muito com o publico, ela dança e transmite uma emoção que é palpável de tão forte. Deixo-vos olhar para um vídeo de um concerto em Paris, a canção “Na Ri Na”.

E só porque gosto muito, mais alguns vídeos de musicas que adoro:

“Ponciana”. Esta canção conta a história de uma rapariga de Cabo Verde que apaixonou-se por um emigrante na Holanda. Fica grávida, mas os seus pais tinham-na prometida em casamento a um outro homem… “Ponciana” é um nome genérico de mulher, quando não se quer falar de alguém em particular.

Neste vídeo de um concerto, ela toca batuku, um estilo musical tradicional e uma dança de Cabo Verde. Adoro 😀 ! A canção chama-se “Raboita Di Rubon Manel”.

“Vazulina” : fantástico vídeo 🙂 Musica fantástica 🙂 Fantástica Lura 🙂

PS : já vos tinha dito que ela também dançava?

Tags:

2 comentários para “Lura, cantora de Cabo Verde”

  1. MARIA dit :

    Adorei a vossa página!!
    Acredito que nada é por acaso, assim como só hoje sem procurar a página ela página veio até a mim.Fiquei muito feliz…
    Amo musica Angola e a vossa musica Cabo Verde á linda e eu sou admiradora de LURA♥

  2. Margareth Menezes dit :

    Sou brasileira , cantora e compositora, e Lura para mim é uma das mais brilhantes cantoras que já ouvi ultimamente . Sinto só agora ter conhecimento do lindo trabalho de Lura,mas certamente maravilhosa. Continua menina Lura. Canta mais e mais par embelezas a música .

Deixar um comentário