Claustro do Silêncio ou de Dom Dinis, Mosteiro de Alcobaça

Quando se pensa em monges, pensamos rapidamente em pessoas totalmente dedicadas a Deus, cultivando a introspeção, o estudo de si, e, para muitos, o culto do silêncio. Não é raro o filme ou o livro que nos apresenta monges que não têm o direito de falar! O Mosteiro de Alcobaça, um dos mais celebres e magnificos monumentos religiosos de Portugal e até mesmo do mundo, visto a sua distinção pela UNESCO de “patrimonio da humanidade”, têm um claustro que corresponde às ideias populares sobre os monges: o Claustro do Silêncio.

A igreja domina o claustro

A igreja domina o claustro

O claustro, que não é mais do que um pátio quadrado, ocupa uma posição central nos mosteiros, que muitas vezes até têm vários. O claustro de Dom Dinis é o claustro principal do monumento,por onde todos os monges tinham que passar para irem ao refeitório, à igreja e às outras partes essenciais do edificio religioso. Foi construido entre os anos de 1308 e 1311, no sitio de um claustro mais antigo, que provavelmente se tinha desmoronado. O nome do claustro vêm do rei da altura, o rei Dom Dinis. Foi o primeiro rei português que sabia ler, um monarca esclarecido amigo das artes, que merecia sem duvida a honra de ter um claustro tão belo com o seu nome.

Não se podia falar no claustro

Não se podia falar no claustro

Cruz da Ordem de Cristo

Cruz da Ordem de Cristo

Ao que parece, a construção do claustro foi financiada com o dinheiro do rei Dom Afonso III, que tinha deixado instruções nesse sentido no seu testamento de 1271. Dois arquitetos vão realizar os trabalhos: Domingo Domingues e Mestre Diogo. Uma das construções mais notórias deste espaço é o lavabo, sempre presente neste tipo de mosteiros. Muito decorado com baixo-relevos, a água corre nele como no primeiro dia.

O lavabo está perto do refeitório

O lavabo está perto do refeitório

Ogivas góticas, que protegem o lavabo

Ogivas góticas, que protegem o lavabo

Lavabo, onde os monges lavavam aos mãos antes de comer

Lavabo, onde os monges lavavam aos mãos antes de comer

O Claustro do Silêncio é mais antigo do que os claustros do outro grande mosteiro da região, o Mosteiro da Batalha. A arquitetura é tipica do século XIV, com a Arte mediéval ainda muito presente, o Renascimento ainda não sendo de atualidade. Tal como o claustro de dom Afonso V no mosteiro da Batalha, as decorações não são exuberantes, um ideal de simplicidade, como devia ser um mosteiro cisterciense. Estamos longe da exuberância do claustro real do Mosteiro da Batalha!

No andar superior, as arcadas são redondas

No andar superior, as arcadas são redondas

O andar superior do claustro convida à reflexão

O andar superior do claustro convida à reflexão

O piso superior do claustro é mais tardio, da época do rei Dom Manuel I. Construido no inicio do século XVI por ordem do abade Dom Jorge de Melo, com os planos de João de Castilho. Este século, o mais grandioso para Portugal, está presente neste primeiro andar, muito menos marcado pela Arte Gótica. A sua alcunha de “Claustro do Silêncio” vêm, como se imagina, da proíbição de falar neste sítio. Acho que não é coisa má, quando se é religioso, de ter um sítio que sabemos silencioso. Fora do claustro, os religiosos podiam falar.

Claustro de Dom Dinis, também conhecido por Claustro do Silêncio

Claustro de Dom Dinis, também conhecido por Claustro do Silêncio

Este claustro é calmo, convidativo para o descanço, com o seu jardim, as suas pedras antigas ou o seu andar. Compreendo que alguém se queira dedicar a Deus quando pode desfrutar de um tal espaço de tranquilidade!

Fotos do Claustro do Silêncio

O estilo Gótico está bem presente

O estilo Gótico está bem presente

Escultura fina e muito detalhada

Escultura fina e muito detalhada

Laranjeiras no jardim do claustro

Laranjeiras no jardim do claustro

Em baixo à direita, podemos ver o lavabo

Em baixo à direita, podemos ver o lavabo

A arquitetura do Mosteiro de Alcobaça é original

A arquitetura do Mosteiro de Alcobaça é original

Este claustro é o mais antigo do mosteiro

Este claustro é o mais antigo do mosteiro

Pormenor do claustro

Pormenor do claustro

Podemos ver as gárgulas

Podemos ver as gárgulas

 

Tags: ,

2 comentários para “Claustro do Silêncio ou de Dom Dinis, Mosteiro de Alcobaça”

  1. heloisa crocco dit :

    Que maravilha este lugar .

    Eu gostaria muito de passar uma semana ai /isto é possivel?
    seria de 20 a 27 de setembro 2011

    Aguardo um retorno
    abraços
    Heloisa

  2. fracisco joeci madureiro dit :

    boeno lindo,encrivel essas fotos. passei 3-anos na benedita e ñ conhecia este citio em acobaça.o que eu perde,tanto tempo e ñ ver de pertinho o monomento desse.fiquei muito triste…………….

Deixar um comentário